Como mudar a empresa de luz? 

Compare empresas eletricidade 2016

Compare todas as opções disponíveis e mude de comercializadora de luz sempre que achar uma oferta mais recomendável. Todo cliente pode mudar de companhia elétrica até quatro vezes dentro de um período de 12 meses.

Para receber uma comparação entre todas as ofertas do mercado livre baseada em um estudo personalizado, ligue-nos e lhe indicaremos a melhor tarifa de luz para seu caso de forma gratuita.


Adira-se ao mercado livre da eletricidade

Em 2006 o mercado energético abriu suas portas para novas comercializadoras em Portugal. Desde então, mais de quatro milhões de consumidores se aderiram a este novo mercado, e somente em 2015 houve um crescimento de 27%.

As vantagens que este mercado liberalizado trouxe ao nosso país são diversas, e entre elas encontramos a possibilidade de mudar de companhia energética sempre que quisermos. Confira a seguir alguns dos trâmites agora possíveis:

  1. Ligação da luz à rede elétrica
  2. Alteração da potência contratada
  3. Mudança de titularidade
  4. Alteração da tarifa elétrica
  5. Substituição da conta bancária
  6. Mudança de fornecedor elétrico
  7. Alteração da maneira de pagamento

Desde LojaLuz lhe aconselhamos que se adira ao mercado livre energético para poder beneficiar-se de todas estas vantagens. No entanto, a pesar de ainda estar vigente, o mercado regulado será extinto no ano 2017.

Como comparar empresas de luz

Graças a esta liberalização anteriormente comentada, existem diversas comercializadoras de luz operando atualmente. Algumas das mais importantes são:

  1. Iberdrola
  2. EDP Comercial
  3. Galp Energia
  4. ENAT
  5. Goldenergy
  6. YLCE
  7. AUDAX
  8. LUZBOA
  9. Energia Simples
  10. Endesa

Para comparar todas as comercializadoras de eletricidade, devemos analisar todas as ofertas do mercado livre em base aos nossos requisitos e prioridades. Entre todos os critérios a comparar, os mais importantes são:

  • Tarifas da luz: a parte mais importante de uma tarifa de luz é a relacionada com a energia elétrica consumida. As tarifas do mercado livre contam com alguns descontos, tanto no termo da potência como no termo de consumo.
  • Serviços adicionais: são aqueles que as companhias oferecem para cumprir o requisito mínimo de segurança da instalação ou como seguro em caso de alguma avaria.
  • Atendimento ao cliente: é importante que o serviço de apoio ao cliente seja de alta qualidade para se conseguir uma maior satisfação por parte dos clientes e no caso de ter algum problema relacionado com o seu fornecimento, que seja de fácil resolução.

Posso mudar de companhia comercializadora?

Sim, todo cliente do mercado livre pode mudar de companhia comercializadora sempre que desejar. Para isso, deve comparar todas as ofertas de luz e encontrar a mais adequada para nosso caso.

Em caso de não ter fidelização contratual, todo cliente pode mudar de comercializadora sempre que desejar. Para isto, deve comunicar sua decisão à nova companhia de luz e esta realizará todo o processo. Assista ao nosso vídeo explicativo e entenda como mudar de comercializadora de luz.

Como evitar a fidelização contratual?

Antes de começar o procedimento de mudar de comercializadora, deve conferir que não assinou uma cláusula de fidelização contratual com a atual comercializadora. A cláusula de fidelização obriga ao cliente a permanecer vinculado à comercializadora durante um período de tempo determinado. A maior desvantagem disto é o impedimento de aproveitar novas ofertas que apareçam no mercado livre.

Devemos prestar atenção ao ler as condições contratuais da sua comercializadora, já que em troca de um serviço adicional, pode ser incluída uma cláusula de fidelização.

No entanto, as prioridades de cada cliente devem ser estudadas com as condições contratuais e ponderar se os benefícios oferecidos em troca compensam a fidelização contratual. Às vezes, estes benefícios são descontos no preço da tarifa elétrica, serviços técnicos adicionais ou um atendimento ao cliente diferenciado.

Selectra é o 1º comparador de ofertas dos fornecedores de eletricidade e gás natural em Portugal, com mais de 8.000 contratos assinados em 2016.

Ler mais