Um especialista sempre à sua disposição

211 451 218 Ligação gratuita

 Termo fixo: a potência

É importante entender todas as partes da tarifa de luz para saber o que está a pagar na conta de cada mês. Uma das partes da factura elétrica é o termo fixo, que representa a potência que contratamos.

Se quiser entender tudo sobre potência elétrica, continue a ler este artigo, e no caso de ter alguma dúvida, ligue-nos para que lhe ajudemos de forma gratuita e sem compromisso.


O que é a potência elétrica?

Quando falamos sobre potência contratada, nos referimos ao nível de tensão elétrica que limita o uso simultâneo de energia em uma mesma instalação. No momento em que usamos mais aparelhos eletrônicos que o normal e nosso consumo energético passar do limite estabelecido, o fornecimento se interromperá.

É importante lembrar que a qualidade do fornecimento não depende da comercializadora que contratamos, já que isto é responsabilidade da distribuidora, EDP Distribuição para todo o país.

Confira que sua instalação elétrica está em bom estado e com suporte suficiente para a potência que deseja contratar, e em seguida, ligue a luz da sua morada à rede elétrica para poder contratar a tarifa elétrica desejada.

Entenda a tarifa elétrica

Para começar devemos entender como se compõe uma tarifa de eletricidade. Todo mês a factura de eletricidade chega à sua casa, e cada vez é um preço diferente, já que a cobrança se divide em dois termos, um fixo e outro variável.

Termo fixo (€/dia): É um valor fixo que sempre pagará em sua conta de luz, independentemente do consumo. Seu valor está relacionado à potência contratada, que é a quantidade contratada de luz que poderá utilizar ao mesmo tempo. Caso o cliente perceba que seu disjuntor apaga quando faz uso de muitos aparelhos, é aconselhável que altere a potência elétrica contratada.

Termo de consumo (€/kWh): Geralmente representa a maior parte de uma conta de luz e é, de fato, o preço do kWh da luz consumido, ou seja, é referente ao valor que vai pagar pelo volume consumido.

O que é um kVA?

Quando olhamos para nossa factura de luz, vemos que o termo fixo está expresso em KVA, e o termo variável se representa com kWh.

kVA é a medida de energia que representa a potência que temos contratada para nossa morada, e esta depende do contrato que celebramos com a comercializadora.

Por outro lado, kWh significa Quilowatts-hora, e é a medida energética referente ao consumo elétrico de cada residência. Esta dependerá do consumo mensal registrado no contador, representando a maior parte da factura de luz e fazendo com que a conta de cada mês tenha um valor diferente.

Potências mais comumente contratadas em Portugal

Na hora de contratar uma tarifa de luz, devemos saber que potência elétrica desejamos para nosso fornecimento. Devemos ter em conta que existem três níveis de tensão de luz, e podemos contratar qualquer uma a depender das necessidades de consumo.

Baixa Tensão: Potências contratadas iguais ou inferiores a 45 kVA e potência mínima contratada de 1,15 kVA. Este tipo é aconselhável para clientes residenciais, lojas, escritórios e pequenas empresas. BTN (Baixa Tensão Normal para potências

Média Tensão: tensão entre fases cujo valor eficaz é superior a 1kV e igual ou inferior a 45kV. Estas potências são específicas para indústrias.

Alta Tensão: Tensão entre fases cujo valor eficaz é superior a 45KW e igual ou inferior a 110KW e a potência contratada é igual ou superior a 6MW. O uso desta potência destina-se à indústria siderúrgica, grandes hospitais, indústria da celulose, indústria de plásticos, indústria de adubos, serviços energéticos, etc.

Os clientes residenciais em Portugal normalmente contratam um nível de baixa tensão, com alguma das potências a seguir:

5,75

6,9

10,35

13,8

Posso alterar o termo fixo de potência?

Todo cliente pode alterar a potência contratada até quatro vezes em um período de 12 meses sem custos adicionais, tanto para aumentá-lo como para reduzi-lo.

É importante aumentar a potência elétrica para não sofrer cortes no fornecimento. Quando houver alguma mudança, como incremento de moradores na residência ou uso de novos aparelhos eletrônicos que gerem maior consumo energético, é necessário ligar para a comercializadora e solicitar um aumento de potência contratada.  

Por outro lado, se o disjuntor nunca salta e o cliente observa que está a pagar demais na conta da luz, uma redução de potência deve ser solicitada. Com isto, o cliente pode conseguir uma grande poupança na despesa energética.

Selectra é o 1º comparador de ofertas dos fornecedores de eletricidade e gás natural em Portugal.

Ler mais