O contador do gás natural

gas natural

A leitura do contador se realiza mensalmente no dia do fim do período de faturação, sendo este fixado pela companhia nas condições contratuais, já que não existe um período fixado para isto.

Leia este artigo e saiba como funciona o contador de gás natural e para que serve, e em caso de dúvida, ligue-nos e lhe ajudaremos de forma gratuita e sem compromisso.


O que é o contador do gás natural?

O contador de gás natural é o aparelho eletrônico responsável pela medição do consumo de gás natural em cada residência. Este aparelho coleta a informação da instalação de gás natural em e mostra o consumo exato desde a última leitura.

No final de cada período de faturação, o cliente deve abonar à companhia comercializadora o importe correspondente. Isto é, o acordo econômico que tinham para cada termo da tarifa para o consumo realizado durante esse tempo. Já que, se ainda não sabe, a tarifa de gás natural se divide em duas partes, o termo fixo e o termo variável.

Termo fixo (€/dia): É um valor fixo que sempre pagará em sua conta de gás, independentemente do consumo. Seu valor está relacionado ao escalão de consumo de gás, que é a quantidade contratada de gás que poderá utilizar num ano. O cliente não precisa escolher o escalão de sua casa, este é baseado em seu consumo feito no ano anterior.

Termo de consumo (€/kWh): Geralmente representa a maior parte de uma conta de gás e é, de fato, o preço do kWh de gás consumido, ou seja, é referente ao valor que vai pagar pelo volume consumido.

Preciso mudar de contador quando mudar de comercializadora?

Não, isto não é necessário. Quando o cliente liga o gás natural, a comercializadora contratada instala um contador na residência e somente será necessário mudá-lo em caso de avaria ou razões técnicas.

Se desejar, pode instalar seu próprio contador, sempre e quando este cumpra os requisitos estabelecidos por cada distribuidora.

Quem é responsável pelo meu contador do gás natural?

O responsável pelo contador de gás natural é o operador da rede de distribuição, e este realizará qualquer mudança ou reforma necessária sem nenhum custo adicional. Em Portugal contamos com uma rede de distribuição extensa, cuja se compõe por 11 distribuidoras a depender da área em que se deseje o fornecimento.

Confira quais são estas as seguir:

  • Paxgás
  • Dianagás
  • Sonorgás
  • Medigás
  • Duriensegás
  • Tagusgás
  • Beiragás
  • Setgás
  • Lusitaniagás
  • Portgás
  • Lisboagás GDL

Qualquer procedimento relacionado com o contador de gás natural será responsabilidade da distribuidora de gás natural correspondente, pelo que não poderá ser cobrado nenhum importe por estes serviços.

O fator de conversão

Como explicado anteriormente, o contador de gás natural mede o consumo energético da residência em m³, no entanto, nas faturas de gás natural este dado deverá aparecer em kWh, como termo de consumo. Os kWh são Quilowatts hora, e é a medida relacional entre energia e tempo.

Podemos explicar esta medida como a quantidade de energia necessária para alimentar um aparelho eletrônico durante o tempo que estiver ligado. Esta mudança de m³ a kWh se consegue graças ao fator de conversão, e este consiste em:

Fator de Conversão = PCS (Poder Calorífico Superior do Gás Natural) x Fct (Fator de Correção da Temperatura) x Fcp (Fator de Correção da Pressão)

No entanto, a quantidade de kWh depende da qualidade do fornecimento de gás natural, portanto, maior qualidade significará mais kWh por cada m³. A qualidade do fornecimento dependerá da distribuidora de gás natural, e por isso, cada uma tem um fator de conversão diferente:

Rede de distribuição Temperatura (Tgás) FCT

Lisboagás

15º

0,947944

Setgás

15º

0,947944

Lusitaniagás

15º

0,947944

Medigás

15º

0,947944

Paxgás

15º

0,947944

Dianagás

15º

0,947944

Tagusgás

15º

0,947944

Duriensegás

11º

0,961288

Sonorgás

11º

0,961288

Beiragás

11º

0,961288

Portgás

11º

0,961288

Como realizar o pagamento de cada período de faturação?

Quando o período de faturação termina, a comercializadora envia a conta de gás natural ao titular contratual com os dados de pagamento em kWh. O cliente em seguida deverá realizar o pagamento, dentro do prazo limite estabelecido pela companhia comercializadora.

Atualmente, existem três maneiras de realizar o pagamento do serviço de gás natural, e cada cliente pode escolher qualquer um destes:

  • Nas lojas das companhias, ou acreditadas para tal (papelarias ou correios); da forma mais tradicional.
  • Caixas de multibanco; é um procedimento fácil e prático. Receberá a factura de eletricidade em sua casa e terá de proceder ao pagamento através da plataforma online que os bancos disponibilizam, ou a través da própria caixa multibanco, onde deve selecionar a opção pagamento de serviços e indicar qual o tipo de serviço e digitar os dados que a companhia lhe enviou.
  • Débito direto; uma forma moderna e cómoda para o cliente. A própria companhia, com prévio consentimento do cliente, trata de todos os pagamentos diretamente com o banco. Além da comodidade, existe maior segurança, pois é possível receber a factura antecipadamente para que possa conferir todos os valores de consumo.

Selectra é o 1º comparador de ofertas dos fornecedores de eletricidade e gás natural em Portugal.

Ler mais